FILHOS - MINHA TRILOGIA parte II

quinta-feira, janeiro 29, 2015

Minha trilogia: Maria Luíza, Manuela e Pedro.

Há um tempo a leitora e seguidora (hehehe adoro isso!) Marina Nobre do blog Rock'n Rose pediu para que eu falasse mais sobre os meus filhos...

Desta vez foi igualmente complicado resumir e particularmente especial lembrar de certos momentos da vida de meu segundo filho.

Há um ditado popular que diz: "O primeiro filho é de vidro, o segundo é de borracha e o terceiro é de ferro".
Não sou George Lucas mas também fiz uma trilogia...

Já escrevi a parte I que falava sobre minha primeira filha. Vamos à segunda parte!

_____________________________________________________

PEDRO - o filho de borracha

Meu gatão.
Eram nossas primeiras férias em família. Estávamos em três mas já éramos quatro!

O segundo pequeno ser a crescer em meu ventre, me trazendo poucos enjoos, muitas vontades, mais alguns quilos e sendo alvo de uma "premonição" quase desinteressada da irmã mais velha, que com um estalar de língua apenas disse: vai ser um menino!
Sua irmã tornou-se sua fã desde então, enchendo-o de carinhos, afagos, abraços, beijos, cumprimentando-o com "bom dia" e "boa noite", cantando "Avião sem asa", dando dicas das regras da casa e de como seria o seu mundo do lado de fora da barriga...

Com data marcada para chegar, ele parecia estar pronto me fazendo sentir contrações a caminho da maternidade. Era o primeiro dia de Setembro de 2011, o dia estava lindo, mas na sala de cirurgia veio o susto: ele demorou pra reagir.
Entrei em pânico ao vê-lo passar por mim, nos braços da pediatra, sem chorar... Foram segundos intermináveis até conseguir ouvir aquele chorinho estridente. Chorei junto.
Que alívio...

Mal sabia eu que estava apenas começando.
Aos quarenta dias de vida ele foi internado no hospital da criança, quase sem conseguir respirar por conta de uma bronquiolite que não curava devido a estenose hipertrófica de piloro que o deixou quase desnutrido. Sendo necessária uma cirurgia para curar a estenose, ele precisava se recuperar da bronquiolite antes.

No hospital.

Na véspera do dia da cirurgia, enquanto eu me consumia em preocupações vendo-o em situação tão delicada e parecendo tão frágil, aquele bebezinho de corpinho franzino, quase desnutrido, envolto em fios e tubos, com a cabecinha de tamanho desproporcional ao corpo, em seus singelos 44 dias de vida, olha pra mim e mostra que o nome escolhido pra ele não foi à toa abrindo seu primeiro sorriso...
Pedro, a pedra, era tão forte quanto uma rocha e sairia daquela como se nada tivesse acontecido. E assim foi.
Cirurgia rápida, recuperação rápida e alta no dia seguinte.

Voltou a mamar no peito e continuou até os 7 meses, quando ele mesmo resolveu parar...

Tão apaixonado pela irmã mais velha que sua primeira palavra foi "Maú".
Assim que aprendeu a caminhar ganhou outra irmãzinha e apaixonou-se por ela também, desenvolvendo um instinto protetor com muitas demonstrações de carinho e afeto. Ele abraça, ele beija, ele afaga, dá colo...


Aos dois anos de idade, Pedro caiu do cadeirão que usava para fazer suas refeições e quebrou o braço bem no cotovelo. Mais uma cirurgia com direito a três "ferrinhos" (que tiraram depois) pra ajudar a "soldar" o osso, tala no bracinho e uma "mijada" da assistente social do HPS. Me senti a mãe mais irresponsável do mundo!
Mas quem pensou que o Pepe fosse dar trabalho por causa da tala... Enganou-se! O rapazinho tirou de letra e usava a firmeza da tala a seu favor, muito safo!

Entretanto, não sei se por conta desses percalços, por preguiça ou por natureza, Pedro ainda está aprendendo a falar e hoje, com três anos (e quatro meses), de tempos em tempos ele "desenrola" uma palavra nova. A mais recente foi "xim" (ou "sim") o que antes era "uhum + aceno de cabeça". Acho que o fato da irmãzinha caçula estar aprendendo a falar está facilitando o desenvolvimento dele.

Ainda usa fraldas...
Tivemos uma certa dificuldade no último verão, na tentativa de fazê-lo parar de usar a fralda. O menino descobriu que tem "pinto" e se apegou ao "negocinho"!!! Tentei conversar, pedi pra deixar guardadinho, mas não adiantou. Com medo de que ele acabasse machucando o "pobrezinho", que era esticado como elástico, e com a chegada do inverno acabei colocando a fralda de volta.
O apego continuou mas apenas nos momentos de "relax" tipo a hora da mamadeira...

Seus desenhos preferidos são Peppa, Tree Fu Tom e Meu Amigãozão (todos Discovery Kids). Tem adoração por velocidade, tanto que seus filmes preferidos são Carros (Catchau = Relâmpago McQueen na língua do Pedro), Carros 2 e Turbo (Tu), mas ele também tem o seu lado sensível e delicado (embora meu irmão diga que não é delicadeza mas esperteza...) curtindo Tinker Bell (Bel) E Arthur e os Minimoys.
Gosta de seus carrinhos, blocos de montar, as bonecas e as panelinhas das irmãs também.

Um futuro-pai exemplar... Ou mãe? Sendo exemplar... que seja o que quiser!

Também adora ajudar na cozinha, adicionando ingredientes, misturando, mexendo... Porém, se tiver tomate ou brócolis na receita, ele mais come que ajuda e o brócolis vai cru mesmo!

Ainda hoje adora dormir no chão e reclama se o levam para a cama.

1. Embaixo do berço da irmã. 2. Embaixo da mesa da avó. 3. No nosso quarto. 4. Na sala, com tala no braço.



Ele pode se mostrar tímido à primeira vista pois Pedro não costuma ser dado a intimidades com quem não conhece ou faz tempo que não vê. Depois de analisar a pessoa à distância e se sentir bem com ela, ele se aproxima e aí... Só lamento, ele se gruda igual chiclete!

Esse é o meu gatão!

No Ano Novo com o cabelinho cortado por mim.

Pedro, o filho de borracha que mais parece uma rocha!

________________________________________________


Semana que vem... A filha de ferro. Aguardem!


Até a próxima! o/
.

You Might Also Like

16 comentários

  1. Hahahahaha cara que graça ele dormindo no chão!
    Cheio de força e personalidade desse pedrãooo, jura que só tem 3 anos? rsrs


    bjs

    fernandamouta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Fernanda...
      Pedro é "o cara"!
      Sou suspeita pra falar, né? Sou apaixonada por meus filhos...

      Um beijo.

      Excluir
  2. Esqueceu de mencionar que ele recebe super bem as visitas, especialmente nos aniversários, trazendo brigadeiros e depois ainda recolhendo as forminhas de papel vazias para colocá-las no lixo! Um verdadeiro gentleman! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahaha
      Então eu não pararia mais de escrever, né Dieimi???
      E as outras fotos dos lugares inusitados que ele dorme, lembra? Sentado, escorado, debruçado... Pedro dorme quando dá sono, não interessa onde! hahahaha

      Um beijo.

      Excluir
  3. Achei ele maduro, se é que posso dizer isso de uma criança de 3 anos, rsrsrsrs, pelas coisas que vc escreveu, entendeu? rsrsrs
    Ele é lindooo! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo o que fazemos pra ele, como ajudar a levantar quando cai, dar beijo em machucado, afagar os cabelos quando está no colo, chamar pra deitar no colo... Tudo isso ele faz conosco.
      Mas não consegue aprender a usar o banheiro (parece que tem medo do sanitário), está desenvolvendo a fala só agora... Essas coisas de cada criança, sabe? Não dá pra surtar tipo "meu filho tem problema" ele se comunica do jeito dele e tem o tempo dele.
      E concordo com você: ele é lindo! hahahaha

      Um beijo.

      Excluir
  4. Ahhhh gente, como você fala lindo dos teus filhos. Chorei de novo... e não duvido que lá venha choro no próximo post hehehehe.

    Beijo lindonaaa !

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Sorteios Na Web |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha Parece eu, chorona...
      Vou me puxar no próximo então, vamos ver se te faço chorar de novo... Sacanagem!

      Um beijo.

      Excluir
  5. Adorei essa postagem, uma delicia ver você descrevendo seus filhos
    Beijos!!!!

    E aí, gostou?

    Chiqueza de unha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Rosângela!
      Eles são minha razão de viver, não teria outro jeito pra falar deles.

      Um beijo.

      Excluir
    2. Ai que delicia, adorei ler seu post. Lindo lindo!
      O primeiro filho é de vidro mesmo,a gente tem o maior cuidado afinal mãe de 1a viagem né , tem medo de tudo...depois com o segundo a gente adquire um certo know-wow e vai se saindo melhor.
      bjs

      Excluir
    3. Adoro o esse ditado dos filhos. É perfeito! Pois quem tem mais de um filho se identifica com ele reconhecendo as constatações.
      Semana que vem é com a Manuela - a filha de ferro.
      Não perca!

      Um beijo.

      Excluir
  6. Tais, acho que a fala não é motivo de preocupação. Meu afilhado tem três anos também e ainda não fala 100% bem, vive enrolando algumas palavras e as vezes se esquece o que queria dizer e fica gaguejando.
    Teus filhos estão me surpreendendo cada um de um jeito. Visitei a página da Malú no face e dei risada com as tiradas dela. Muito inteligente. O Pedro me pareceu tão apegado e carinhoso, será um homem bom e sensível, tenho certeza.
    Achei engraçada essa mania que ele tem de dormir no chão, e achei lindo você liberar teu filho pra brincar com o que ele quer, inclusive as panelinhas e bonecas das irmãs. Existem pais que proíbem brinquedos femininos para filhos homens com a ilusão de que isso pode evitar algum interesse futuro em pessoas do mesmo sexo. Como se brinquedos fossem responsáveis por isso! ¬¬

    Enfim, fiquei sumida por uns dias e acabei de desatualizando, mas já sei que o texto do filho de ferro já saiu e vou correndo ler.
    Beijos
    www.rockandrose.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre nos preocupamos em criar nossos filhos sem preconceitos, desde os brinquedos (as meninas adoram brincar com carrinhos e bola), corte de cabelos, cor de roupa... A Maria Luíza "aprendeu" na escolinha "coisas de menina" e "coisas de menino", em casa ela "desaprendeu". hahahaha
      Inclusive (coincidência) tenho fotos minhas de cabelo curto e do meu marido de cabelo longo pra mostrar pra eles que podemos usar o que gostarmos de usar.
      Que bom ter voltado.

      Um beijo.

      Excluir
  7. Lindão!Teus filhos todos tem personalidade...e forte,por o tipo!Isso é ótimo,assim não se deixarão levar pelos os outros!Muita saúde pra esse príncipe e ah,acidentes acontecem,não se culpe!

    https://guriadomodoantigo.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Radija... são essas personalidades que acabam comigo!
      hahahahaha
      Muito obrigada.

      Um beijo.

      Excluir

Não saia sem comentar!
Sua opinião é sempre bem-vinda e importante pra mim e pro blog.
Responderei a todos os comentários.

Obrigada pela visita.
Volte sempre!