CRISE DOS 30 (OU SERIA 40????)

terça-feira, abril 07, 2015

  


Sempre digo que minha crise dos 30 veio aos 27.

Solteira e desempregada (tão familiar...), me vi quase em desespero ao fazer as contas e me deparar com o fato de que não daria tempo para, até os 30:

1. Arrumar um bom emprego: 1 ano.
2. Conhecer alguém legal: 1 ano.
3. Me apaixonar: tá, essa era fácil... hahahahaha
4. Firmar um relacionamento: 2 anos.
5. Casar (sempre foi meu sonho): desde preparativos até o "sim" - 1 ano, 1 ano e meio.
6. Curtir o casamento: 2 anos.
7. Ter filhos: calculava pelo menos 1 ano até conseguir engravidar + 9 meses de gestação...= quase 2 anos.

Vejamos: 27 + 1 + 1 + 2 + 1,5 + 2 + 2 = 36,5??????

E eu estava certa... Não consegui!
Mas aos 31, sim!!! \o/

Aos 28 estava trabalhando em uma empresa de ônibus (transporte público) para a qual fiz concurso público (me f*di estudando, nunca estudei tanto na vida!) e fiquei em 28º lugar - não deu 1 ano!
E lá mesmo, na empresa - depois de 7 meses - conheci o cara que em três anos tornou-se meu amigo, meu namorado, meu noivo e então meu marido e pai da minha primeira filha quase ao mesmo tempo... hahahaha
Explico:
Quando estávamos às voltas com os preparativos do nosso casamento eu engravidei, contrariando mais um dos meus cálculos pois levei em torno de uns 8 meses pra engravidar...
Até pensamos em antecipar mas resolvemos deixar rolar como havíamos planejado. Estava com quatro meses de gravidez no casamento... bem barrigudinha.

Quando assisti "Jurassic Park" (trocentos anos atrás!), vi uma cena em que o personagem de Jeff Goldblum diz o seguinte: A natureza encontra um meio.

E não é que é verdade???
Aos 31 então, eu me encontrava num bom emprego (pra mim, era), estava casada e era mãe. Simples assim.

Hoje, aos 38... (putamerda!) a história se repete, em termos...
Solteira e desempregada... ai, ai, ai...
Quando é que a natureza vai encontrar um meio de novo???

Isso ainda vai render posts... hahahaha

Até a próxima! o/
.

You Might Also Like

22 comentários

  1. HAHAHAHAHA adorei a sua postagem. Eu tenho até medo de sentar e tentar fazer uma conta dessas. Tô com 22 e acho que vai demorar pra caramba pra atingir meus objetivos, que são um pouco diferentes do seu. Será que aos 31 eu consigo também?

    beijo
    beinghellz.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pergunta que nunca consegui responder foi: como te vês daqui tantos anos?
      Não consigo parar pra pensar nisso... Sempre fui um pouco pessimista em relação a mim, tendo muito mais fé nos outros, sabe?
      Pra ti tenho outra citação que gosto muito: "Tudo acontece no momento certo. Do contrário... não aconteceria!"
      Se é até os 31 que pretende alcançar teus objetivos... quem sabe? Muita coisa depende de ti mesmo, sabe disso né?
      No meu caso foi minha mãe que mostrou-me o anúncio do concurso o qual só havia "passado os olhos por cima"... Nunca pensei que passaria, mas como ela botou fé em mim me esforcei pra fazer valer. O primeiro passo foi meu! E eu consegui! \o/ Mas o resto... não vou negar que a natureza ou o destino ou a vida conspiraram a favor. hahahahaha
      No fundo sempre depende um pouco do esforço e dedicação da gente. ;)
      Mas eu tenho fé que tu consegue sim. Se não conseguir, é porque não era pra ser.

      Um beijo

      Excluir
  2. Amei o post! Olha, tenho 34 e quero mudar de profissão... Rs... Será que consigo? Chega uma hora que a gente quer e precisa mudar. Você tem 38 e logo logo vai encontrar um emprego que goste, basta sair a procura e sim, a natureza vai encontrar um meio. Daqui a pouco estaremos com 40 anos, a idade da loba e muita maturidade, muitas mudanças, será muito bom, vamos plantar as sementes para colher lá na frente. Super beijo e muito sucesso!!! www.janelasingular.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ana Paula!
      Tu tens razão. Se não dermos o primeiro passo como saber se vamos conseguir, não é mesmo?
      E que venha a idade da loba! hahahaha

      Um beijo.

      Excluir
  3. Estava lendo teu texto e pensando... Eu definitivamente nunca fiz planos... Acho que primeiramente pq nunca quis envelhecer... Desde os 14 anos tenho uma espécie de pânico de fazer aniversário... Não por ficar velha em si (ou seja, flácida, cheia de rugas e afins...rs...), mas pq a vida é breve demais, e sempre pareceu que eu não teria tempo suficiente para aproveitar todos os momentos que poderia ao lado das pessoas que amo, e principalmente pq quanto mais velha eu ficasse mais velhas as pessoas ao meu redor ficariam... Sempre tive medo de perder as pessoas que amava (amigos, familiares), por isso esta fobia em fazer aniversário...
    Hoje com 31 anos entendo perfeitamente meus medos. Minha melhor amiga (ex) sumiu da minha vida quando eu tinha 21, depois de 14 anos de amizade, levei alguns bons anos pra superar... Meu pai morreu quando eu tinha 23, e está ai algo que me pegou completamente de surpresa... Sei que a gente nunca está preparada para perder "para sempre" as pessoas que amamos, mas nunca achei justo as pessoas perderem pai e mãe sendo jovens.,. Logo, ainda tenho dificuldade em aceitar isso!
    Mas voltando aos planos, que na verdade nunca existiram, acho que eles nunca existiram porque meu maior objetivo sempre foi apenas ser feliz, de um jeito simples, sem grandes expectativas, apenas rodeada das pessoas que amava... Bem, digamos que tem dado certo! O mais legal de não fazer planos e não criar expectativas é poder ser sempre surpreendido pela vida... A Dieimi de 16 anos nunca imaginou que faria uma faculdade, que teria uma profissão e que andaria de avião... Quando se vem de família humilde as pequenas coisas (aos olhos alheios) acabam sendo enormes! O engraçado é que hoje com 31 anos continuo não fazendo planos... E acho que vou continuar aqui vivendo um dia de cada vez, fazendo as coisas que gosto e esperando que a vida continue me surpreendendo! :)
    Ahhh adorei o post, me fez refletir! \o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também nunca fui muito de fazer planos... Mais sonhei do que fiz planos. Sempre quis muito me casar, ter uma casa e filhos... Para tudo isso fluir sem muito desespero ou dificuldade eu precisava de um emprego bom, pois faculdade não me chamava a atenção.
      Hoje realizei boa parte dos meus sonhos, apesar de não ter casa própria tenho um lugar pra chamar de "meu". Então me vejo assim: o que faço agora?
      Preciso voltar a trabalhar, isso é um fato! Mas e depois? Tenho plano algum a não ser cuidar de mim e dos meus filhos.
      Que bom que gostou. Quero saber quando vais fazer um blog pessoal pra eu poder ler teus textos? Só o teu comentário renderia um lindo post!
      Muito obrigada, como sempre.

      Um beijo.

      Excluir
  4. Adorei a postagem!! Tudo à seu tempo amiga.. uns demoram mais outro menos.
    Mas você vai ver.. logo vem uma oportunidade de emprego, e ser solteira não é tão ruim assim haha'.. vai aproveitando e curtindo a vida que logo logo um príncipe aparece para você =]
    Beijooos linda
    felicidade-essencial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Paula!
      O post fala exatamente disso: tudo tem o tempo certo pra acontecer!
      E quanto a estar solteira... não me preocupo com isso porque sozinha... hahahaha deixa quieto!

      Um beijo.

      Excluir
  5. Ai meu Deus... esse teu post me desesperou ! Hhuahuahua.

    Daqui a 9 dias completo 35... estudando pra concurso publico pq a banca que paizinho montou pra mim no Mercadão já está me dando prejuizo e estou pagando pra trabalhar. Mão solteira de uma menina de 8 anos, cujo pai é mexicano e nunca mandou 1 real pra cá... Sem ninguém a 9 anos (desde que voltei do México).

    Ai Tais deprimi ! Hhuauhahuahuahuahua.

    Acho que vou virar aquelas tia solteirona e varizenta que home nenhum quer :( Socorrooo !

    Bjo !

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Sorteios Na Web |

    | Cadastre-se no Egrana |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BEM CAPAZ!!!
      Só vai virar se quiser! Mulher bonita dessas só fica sozinha se quer ou se escolher demais... hahahaha
      Use pra ti os conselhos que me dá! Deixa de ser boba!

      Um beijo.

      Excluir
  6. Fico feliz que você conseguiu alcançar seus objetivos aos 31, e assim como antes, você conseguirá novamente. Estude tanto quanto você tinha estudado, logo você encontra um bom emprego de novo, e não tem problema nenhum estar solteira, assim você pode curtir mais seus momentos em família com seus filhos <3 rs

    VOTE EM MIM: Isadora Adora | www.isadoraadora.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Isadora!
      Felizmente não vejo nenhum problema em estar solteira... O que me incomoda é ainda "depender" do meu ex por não estar trabalhando. Mas isso logo, logo se resolve!

      Um beijo.

      Excluir
  7. Tais eu não tive a crise dos 30 mas estou passando pela crise dos 40. Ultimamente tenho me perguntado o que conquistei até então: sou divorciada, não tenho filhos, estou namorando há cinco meses um cara bem legal mas pobre (ao contrário do que queria).sei lá queria ter uma vida menos preocupante mas pelo jeito não será assim. Tenho um emprego legal mas nada demais e quanto mais penso mais estressada fico. Então o melhor é deixar pra lá, tomar uma Sertralina e bola pra frente. Que venham as crises dos 50, 60, 70.... Bjks.

    www.blogbelissima.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mais ou menos o que estou passando... Com a diferença dos filhos.
      Acho que até vou escrever sobre isso também pra ver se consigo me entender! Preciso trabalhar, isso é um fato! Mas e depois?
      Me peguei sem um objetivo, sabe? Isso frustra!

      Um beijo.

      Excluir
  8. Sei como é estou com 32 e querendo recomeçar do zero, bom saber que não estou sozinha nessa busca.
    Muito bacana seu blog :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem-vinda, Carolina!
      Que vontade de te abraçar!!!
      Bom demais saber que não somos as únicas, né? Que somos relativamente normais... hahahaha
      Muito obrigada!

      Um beijo.

      Excluir
  9. Oi! Muito bom você ter compartilhado isso! Minha vida vive me dando provas de que nada sai como planejamos. Muitas coisas que queremos acontecem sim, como aconteceu com você, mas não no tempo que queremos. hahaha O jeito é deixar o destino decidir quando tudo vai acontecer mesmo, cabendo a nós fazer o possível para que se realize! Boa sorte e nunca desista! :)
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Dani.
      No meu caso eu já tinha perdido a esperança de que as coisas poderiam acontecer e a vida me mostrou que eu estava errada!
      O negócio é continuar tentando, não desistir... E a vida se encarrega de nos mostrar o caminho! Hahahaha

      Um beijo.

      Excluir
  10. Não sei acho que isso é uma crise da vida, do tipo quando eu não estava fazendo o curso de fotografia, tudo que eu mais questionava, é será que vou começar a estudar o que mais amo na minha vida ? Não demorou muito, na verdade demorou sim, mas melhor que tenha sido agora. hahaha aos 22 anos. Espero ainda ter muitas crises e me surpreender com a vida, milhões de vezes mais.

    E continue compartilhando aqui conosco.
    Obrigada. hahaha

    leuxclair.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que coisa né, Ana?
      A vida nos surpreende! As coisas acontecem quando tem que acontecer, não adianta! Enquanto isso a gente vive, só pra poder dizer que não estamos fazendo nada, né? hahahaha

      Um beijo.

      Excluir
  11. Hhaahha Tais, adorei o post, acho que a natureza irá rapidinho te surpreender!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom te "ver" por aqui de novo, Fer!!!
      Tomara! E se me surpreender tão rápido quanto tu achas... com certeza será uma das primeiras a saber, antes mesmo de eu postar aqui! hahahaha

      Beijão.

      Excluir

Não saia sem comentar!
Sua opinião é sempre bem-vinda e importante pra mim e pro blog.
Responderei a todos os comentários.

Obrigada pela visita.
Volte sempre!