LIVROS QUE LEMBRAM MINHA INFÂNCIA – BLOGS QUE INTERAGEM

sexta-feira, maio 01, 2015


Imagem: We Heart It

Esses projetos em que eu inventei de me "enfiar" andam mexendo comigo...

Um dos temas deste mês (de Abril... pois é, me atrasei um pouquinho!), do "Blogs que Interagem", além de inspiração para um post acabou me fazendo pensar em "até quando foi a minha infância???"...
Sou da geração "Anos 80"... eram outros tempos... e minha infância durou um pouquinho mais do que as de hoje em dia. Acho que só me deparei com a adolescência quando entrei no ensino médio (segundo grau, no meu tempo – 1991).
Sendo assim... aí estão os livros que lembram minha infância... até os 13/14 anos! O.O

Começando pelos livros que não li mas que estiveram à minha volta e até nas minhas mãos, que eram “modinha” na época mas que nunca li por falta de interesse mesmo...







Infelizmente não lembro muito do que li há tanto tempo também e como esse post acabaria virando um tal de "ctrl c + ctrl v"... o que não é justo, resolvi deixar só as imagens mesmo.


Heidi – o primeiro livro que li, da coleção do meu pai (da sua adolescência) e que existe até hoje! Como Pollyanna o enredo também é sobre uma órfã mas acredito (pois não lembro) que o resto da história é diferente. Lembro de que quando vi ao filme "O Jardim Secreto" lembrei um pouco do livro, talvez pela orfandade de Heidi e o menino da cadeira de rodas...



A Marca de Uma Lágrima – o primeiro que li para fazer trabalho na escola, emprestado de uma amiga. Nele havia alguns poemas, que a protagonista escrevia, e um deles eu sei até hoje...

"Há o instante da chegada
E o momento da partida
Quanta vida já vivi?
Quanto resta a ser vivida?

São dois espelhos quebrados
Dois vezes sete de má sorte
Já vivi quatorze anos
Quanto resta para a morte?

É fácil vê-la chegando
Em cada instante que passe
Pois se começa a morrer
No momento em que se nasce

Vou caminhando pra morte
Não decidi meu nascer
Da morte não sei o dia
Mas posso saber..."




Feliz Ano Velho – de acordo com o tio Raul (quem me emprestou o livro) foi o primeiro livro “de verdade” que li... Acho que ele não gostou muito de me ver lendo (não sei se alguém conhece ou vai lembrar...) Júlia, Bianca, Sabrina... hahahaha
Tio Raul, o senhor estava certo! Obrigada por isso! Toda vez que o Marcelo Rubens Paiva aparece na televisão eu me lembro desse nosso momento em que praticamente "joga" o livro nas minhas mãos e diz: “Tá aí um livro de verdade pra tu ler!”

====================================================================

Clique na imagem
https://www.facebook.com/groups/blogueirasqueinteragem/?fref=ts


 Como sugere o nome, este é um grupo de interação entre blogueiras. A ideia é que possamos trocar informações, realizar projetos juntas, responder tags e etc. Não é um grupo para divulgar seu blog. Se não pretende conversar, participar e fazer amizade com as outras garotas, esse não é o lugar. Todos são bem-vindos e podem começar a dar seus pitacos e sugerir postagens criativas!

Até a próxima! o/
.


You Might Also Like

14 comentários

  1. Menina, "A marca de uma lágrima" é um dos meus livros preferidos até hoje. Devo ter lido pela primeira vez com uns 14 anos também, mas depois disso, já reli umas quatro ou cinco vezes, adoro essa história mesmo já sabendo o que vai acontecer, quem matou a diretora rsrsrsrs... E os poemas que Pedro Bandeira coloca durante o enredo são uma delícia mesmo! Sou apaixonada pela Isabel e tenho uma raivinha da Suzana até hoje rsrsrsrs.

    Muito boa essa lembrança, obrigada! Tenha um lindo final de semana, bjokas da Val e até a próxima =)

    Valquíria Paula - Blog Apenas Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom saber disso, Valquíria!
      Faz bem relembrar de coisas boas, né?
      Muito obrigada e um lindo final de semana pra ti também.

      Um beijo.

      Excluir
  2. Eu adorava Pollyanna e tenho o livro guardado até hoje, faz parte da minha coleção de "clássicos", os outros não conheço, mas vou adicionar a minha listinha para ler <3

    Amanda,
    http://amorembreve.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pollyanna é mesmo um clássico né, Amanda???
      Feliz Ano Velho conta a história do próprio autor... Bom demais, lição de superação!

      Um beijo.

      Excluir
  3. Carambaaa ! Lembro desses livros !

    Eu sou de 1980... também entrei na adolescência bem tarde hehehe... ahh bons tempos aqueles ! Se as crianças/adolescentes de hoje soubessem...

    Adorei esse post amôura ! :)

    Beijoo !

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Sorteios Na Web |

    | Cadastre-se no Egrana |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é né, Anna???
      Era uma vez o tempo da inocência... Hoje eles estão tão espertos que dão de 10 a 0 na gente!!! Apavorada com a nova geração... O.O
      Muito obrigada.

      Um beijo.

      Excluir
  4. Ai desses eu só conhecia "Feliz ano velho", sou dos anos 90 haha Meus livros de infância são: a ilha do tesouro, a ilha perdida, enfim da coleção Vagalume- para gostar de ler haha

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, Carla!
      A coleção Vagalume é tudo de bom!!!

      Um beijo.

      Excluir
  5. Minha adolescência se passou entre 90 e início de 2000, mas li bastante a série vaga-lume, desses que vc citou só não conhecia Hedi, mas os outros conheço, Polhyanna menina/moça inclusive é meu livro favorito de todos os tempos, tenho esses com essa capa que vc postou e outra edição mais atualizada, realmente a infância durava mais tempo aos 12 anos eu brincava de boneca e de pega pega no recreio... Saudades da época da inocência :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quantas coincidências, Carol...
      Eu aos 12 anos era a única guria na minha rua entre um tanto de guris... hahahaha e a brincadeira preferida era esconde-esconde até escurecer! Tudo de bom!
      Saudades também...

      Um beijo.

      Excluir
  6. Gosto muito do Escaravelho do Diabo! Esse e tantos outros da coleção Vagalume marcaram a minha infância e adolescência. Tenho eles até hoje aqui. Me incentivaram a escrever as minhas próprias histórias hahaha
    Adorei os outros! E lindo o poema do A Marca de Uma Lágrima.

    http://baudecanto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal saber, Johnny!
      Tem outros poemas igualmente lindos no A Marca de Uma Lágrima.

      Um beijo.

      Excluir
  7. Eu já li a marca de uma lagrima!

    bj

    http://nandaaflordapele.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, Nanda!
      Lindo demais, né?

      Um beijo.

      Excluir

Não saia sem comentar!
Sua opinião é sempre bem-vinda e importante pra mim e pro blog.
Responderei a todos os comentários.

Obrigada pela visita.
Volte sempre!