321 DIAS

sábado, agosto 01, 2015




Oi Gurias e Guris!

Está sendo um pouco complicado escrever sobre recuperação quando se acorda depois de uma noite de insônia (coisa que não acontecia mais...) e ainda com um pouquinho de tristeza no coração (vou contar o porquê mais tarde)...
Mas vou me esforçar!

Aliás, essa tem sido a frase que tem me acompanhado nesses 321 dias, bem juntinha (ali, colada) com a "só por hoje"...

Só por hoje vou me esforçar pra acordar cedo...
Só por hoje vou me esforçar pra sair da cama...
Só por hoje vou me esforçar pra escovar os dentes e lavar o rosto...
Só por hoje vou me esforçar pra trocar de roupa...
Só por hoje vou me esforçar pra fazer e tomar café...

Pois é!
Esse último é um dos meus mais novos feitos: estou conseguindo me alimentar regularmente. Talvez a chegada do inverno tenha ajudado um pouco nessa questão.0ì

Acordo e preparo uma super caneca de café batido à mão com uma colherinha de achocolatado qua fica uma delícia! Preparo um sanduíche, ou como um pedaço de bolo (que fiz no dia anterior) ou biscoitos de água e sal - andei comprando integral também, adoro!
O almoço com as crianças tem sido cada vez mais tranquilo e elas também tem se alimentado cada vez melhor.
Estou conseguindo tornar costumeiras as sobremesas (eu disse cos-tu-mei-ras, não diárias!) e os bolos à tarde.
Resultado: intestino regulado! \o/

Nos últimos dias consegui voltar a ler. Peguei o "Melancia" da Marian Keyes que tava atirado na minha estante desde que comprei (Dezembro de 2012!!!). No entanto o início da estória tá me perturbando um pouco por se parecer, em parte, com o que passei e reconheci muitas reações que tive durante a depressão e acabo por ler só um pouquinho por dia. Até me deu vontade de fazer uma resenha (coisa inédita no meu blog) caso eu consiga terminar o livro... Hahahahaha

Estou conseguindo sair mais (tá certo que os convites tem ajudado bastante!), fui à cafeteria, ao cinema, à pizzaria, ao shopping, ao motel... O.O

Ah, pois é...
Estou me sentindo viva outra vez! (Mas isso é assunto pra outro post...)

Principalmente porque voltei a brincar com meus filhos e deixei de ser só espectadora. Nos dias frios
batemos uma bolinha e corremos um pouco pra "esquentar", o que tem sido revigorante pra mim (apesar de dolorido pois minhas pernas sentiram o esforço... a dor da ferrugem! Hahahaha) e divertido pras crianças - fazia tempo que não os via rindo tanto!

Minha rotina mudou de estagnada pra normal, meus horários mudaram de dormir depois da meia-noite (ou bem mais tarde, ou nem dormir) pra dormir entre 22:30 e 23:30, no máximo! De acordar ao meio-dia pra acordar entre 6:00 e 8:00 da manhã...
A insônia não tem mais sido a minha companheira... (até esses últimos dias, já-já conto por quê) E quando tento ficar acordada até mais tarde nem sempre consigo - o papo no WhatsApp tem que estar muito bom pra me manter acordada até altas horas da madrugada.

Mas confesso que há alguns dias recebi uma visita que fez aumentar o meu bem-estar e até me ajudou a melhorar da gripe+crise de sinusite que tinham literalmente me derrubado!
Minha filha Maria Luíza (a minha ariana de 7 anos)...

PARÊNTESE!!!
Pra quem não sabe ou não lembra, desde a minha separação, a Malu mora com a avó paterna em São Gabriel a "trocentos" quilômetros de Porto Alegre (em torno de 4 horas de carro) onde moro.

... veio passar as férias de inverno comigo!!! 
Será que alguém consegue dimensionar a minha felicidade???
Não a via desde Abril!
Só não foi melhor porque quando ela chegou estávamos todos doentes (inclusive ela), o tempo estava ruim (muita chuva e frio) e eu acreditei que ela ficaria até o dia 1º de Agosto mas ela teve que voltar quase uma semana antes... Exatamente quando a saúde e o tempo estavam melhorando.
Uma pena...

Minha casa está relativamente organizada, a louça está relativamente limpa, a pia da cozinha está relativamente vazia...

 Explico o "relativamente":
Quem teve a (triste!) chance de ver minha casa (PODRE!) antes de eu começar a me recuperar... Encontra hoje uma casa que não está impecável porque o terreno é de chão batido, então a casa sempre tem terra e precisaria ser varrida umas cinco vezes por dia, no mínimo (!), o que eu não faço!
E tenho duas crianças CHE-I-AS-DE-SA-Ú-DE que não sossegam um minuto, entrando e saindo de casa, às vezes com os pés embarrados (ou enlameados, sei lá!) mas já estão aprendendo a limpar os pezinhos antes de entrar (o que nem sempre acontece...). Sem contar as panelinhas de "comidinha" que eles trazem para que eu faça a "degustação". Hahahaha... eu deixo, né?! Fico louca, mas deixo...
Mas a casa voltou a ser "habitável"...

Li certa vez no Facebook: "Minha casa não está bagunçada, são meus filhos que estão redecorando"

PERFECT!

Para concluir, não vou esconder que ainda tenho os meus dias de baixo astral, de saudade, solidão, carência (doente então...) ou tristeza mesmo... (principalmente depois que a Malu voltou pra casa da avó).
Nesses momentos me dou o direito e a liberdade de chorar quando acho que preciso, quando o aperto no peito não dá mais pra aguentar...
Depois passa!

Acho que deu pra entender a minha tristeza e insônia recentes, né?

Deixa eu contar outra coisa que me deixou muito feliz e até lisonjeada: uma amiga de infância que não estava muito bem por causa da depressão também, e se sentiu melhor e estimulada depois de ler meu blog...
Tudo de bom saber que minha história pode ajudar outras pessoas...
Tenho outras amigas (né, Michelle? Né, Anna?) que confessaram encontrar no meu blog um incentivo para superar os dias mais ruinzinhos...

Tem jeito melhor de encerrar um post desses???

Que eu chegue bem aos 365 dias! Vivendo um dia de cada vez...

Até a próxima! o/
.

You Might Also Like

4 comentários

  1. Oi sua linda !

    Saudades de você.

    Bom, hoje ão vou ficar aqui dando conselhos pq seria o roto tentando aconselhar o rasgado hehehe.

    Só quero que você saiba que espero te ver bem, ok ?

    Beijo !

    | O Blog Que Não é Blog |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estava com saudade, Anna!
      Muito obrigada por todo apoio sempre!

      Um beijo.

      Excluir
  2. Que lindo o seu post! Eh tão bom ler blogs sinceros feitos com a alma e que podem realmente ajudar as pessoas. Continue escrevendo! Escrever também tem me ajudado demais em algumas questões pessoais minhas. O blog além de ser meu hobbie eh a minha terapia. Beijos e sucesso! www.janelasingular.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ana Paula!
      Bom demais ler um comentário desses!
      É incrível como escrever pode nos fazer tão bem, né?

      Um beijo.

      Excluir

Não saia sem comentar!
Sua opinião é sempre bem-vinda e importante pra mim e pro blog.
Responderei a todos os comentários.

Obrigada pela visita.
Volte sempre!