ENFIM, O DESFRALDE!

quarta-feira, novembro 18, 2015




Oi Gurias e Guris!


Há algum tempo eu mencionei, num dos posts da "Minha Trilogia", a dificuldade que tive numa primeira tentativa de desfraldar meu filho Pedro - hoje com 4 anos, meu marmanjo!
Foi complicado porque o Pedro além de "travar" diante do vaso sanitário (para logo depois fazer surgir mais uma poça de xixi em algum lugar da casa) criou um apego com o pinto... chegando quase ao exibicionismo. hahahaha
O que uma mãe faz numa situação como essa???
Relaxa!



Afinal, é normal... Até a Malu (minha filha mais velha) passou por essa fase. Sim as meninas também se tocam quando são crianças... Depois é que param... ou não hahahaha

Então chegou o inverno e os testes ficaram inviáveis.
Quem dá conta de secar roupa de criança (ou de quem quer que seja) no inverno, não é mesmo? Ainda mais aqui no Sul onde o frio é foda!
E como ele não estava na escolinha, não me preocupei, mas fazia muitos planos. Qualquer coisa que me pudesse fazer economizar em fraldas.
Ô dinheirinho sagrado que vai literalmente pro lixo!

Em agosto desse ano, pra quem não vive no RS (Rio Grande do Sul, tá? Não "risos"... hahahaha), houve um "verão" fora de época que fez as guriazinhas da vizinhança colocarem as pernocas e as barriguinhas de fora. Calorão mesmo!
O que a mamãezinha fez???
Pelou as crianças, óbvio!
Camisetinhas, bermudinhas e... SEM FRALDINHAS!!! \o/

Já aproveitei e inclui a Manuela no esquema, afinal já está com 2 anos também, né? Tá na hora!

E não é que a guriazinha logo se adaptou?
O problema era com o Pedroca mesmo...




Decidi que não brigaria e nem forçaria, isso só pioraria as coisas e colocaria todo processo a perder. Então esperaria pacientemente pelo tempo dele.

De hora em hora eu o levava ao banheiro e o colocava em frente ao vaso sanitário, quando não era necessário arrastá-lo até lá (se fosse o caso, eu desistia - sem forçar, lembra?).
Houve um dia em que ficamos juntos no banheiro por 10 minutos sem sucesso. E logo depois que saiu...
Sim! Xixi nas calças...

Às vezes eu me sentia como se tivesse dois filhotinhos de cachorro em casa, limpando xixi em todo canto... hahahaha Que pecado!

Mamãe limpa, troca, consola, conversa e tem a brilhante ideia de sugerir que ele podia fazer xixi ali fora, no pátio, perto da árvore, que não tinha problema...

Gente!
Não pensei que surtiria efeito tão rápido!
Num momento de distração da minha parte, vejo o Pedro entrando em casa numa mistura de desespero e euforia gritando: Mãe, vem vê! Vem vê!
Me puxando pela mão mostrou, com um baita sorrisão no rosto, onde tinha feito xixi... hahahaha




Quase chorei!
Ver a alegria dele (deles, né?) ao ter superado um obstáculo que parecia ser tão difícil... é de emocionar - principalmente pra uma mãe que se culpa quase em tempo integral por qualquer dificuldade dos filhos que possa ter surgido por causa do seu "desligamento" durante a depressão...

Enquanto isso o processo com a Manuela estava tranquilo. Se ela demorava um pouco em pedir pra ir ao banheiro, eu a convidava. Tudo certo.
Acabaram-se os acidentes???
Lógico que não!

Também havia o número 2!
Que estava um pouco mais complicado de acertar mas me concentrei em um número de cada vez. Já era suficiente os dois filhos no mesmo processo ao mesmo tempo.
Quando a gente sonha em ser mãe não pensa nessa parte, né? hahahaha
Mas participar de cada vitória desses pequenos é uma vitória nossa também.

Vamos dizer que o "veranico" de Agosto veio bem a calhar. A cada fralda economizada meu sorriso aumentava um pouquinho mais.
Porém logo as chuvas e o frio voltaram mas também ajudaram a superar mais um obstáculo. Foi em uma noite de chuva que o Pedro encheu-se de coragem e encarou o vaso sanitário. \o/

Não sei quem se sentia mais eufórico: ele ao gritar "Mãe!" lá do banheiro ou eu ao ouvir o grito dele... E mostrou satisfeito apontando para a água do vaso que seu xixi estava ali.

E estava superado o "trauma" do vaso!!!




Desde então Pedro e Manuela só usam fraldas para dormir.
Tá, pra alguns passeios mais longos também, mas como são raros esses passeios... logo se ajeita!

Nosso último "exercício" agora é ir ao banheiro antes de dormir.
Isso tem me ajudado a economizar mais algumas fraldas - não sempre, mas às vezes rola!

Para concluir preciso dizer que os acidentes ainda acontecem. Principalmente quando eles se distraem brincando.
Coisas da vida!
Mas fico feliz em revelar que o número 2 já está nos eixos também! \o/

Bendita economia de fraldas!


Até a próxima! o/
.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Nossa parece um milagre quando eles deixam de usar fraldas, eu pulava de alegria (pela economia tb e pelo meio ambiente) mas com meu filho foi tranquilo, eu fiquei uma semana direto tirando a fralda e ele conseguiu, nem para dormir ele usava!!! Venci a guerra,rs!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toca aqui, Vivian! o/
      Quem não pularia, né? E eu estava com dois de fraldas... Baita economia! hahahaha
      Bom demais, né?
      Tirar pra dormir é meu próximo passo! Hei de vencer essa guerra também. \o/

      Um beijo.

      Excluir

Não saia sem comentar!
Sua opinião é sempre bem-vinda e importante pra mim e pro blog.
Responderei a todos os comentários.

Obrigada pela visita.
Volte sempre!