RETROSPECTIVA 2015

segunda-feira, janeiro 11, 2016




Oi Gurias e Guris!


Aí a pessoa tenta fazer uma retrospectiva mental e quando tenta encontrar bons momentos e boas lembranças ou conquistas... lembra do que aconteceu logo no primeiro mês do ano e parece que todo o resto foi uma verdadeira merda!

Infelizmente tenho que reconhecer e aceitar que meu ano foi quase se não completamente (e acho que outros anos virão) em função da minha separação, suas consequências e recaídas (pois é, não resisti! O que posso fazer??? hahahaha).

Minha filha foi morar longe de mim...
Tive que me readaptar em vários sentidos, desde dormir sozinha até matar ratos (tá! foi só um, mas era bem grande!!!) hahahaha.
Incluir a rotina de preparar uma malinha para as crianças todos (ou quase todos) os fins de semana quando vão para a casa do pai. E também a rotina de consolá-los quando ele simplesmente... não vem!

E sinceramente, apesar de saber que foi a melhor coisa a fazer (a separação) acho que ainda não consegui me recuperar... Provavelmente por causa do quanto ele ainda se faz presente em relação às crianças e também suas investidas em relação a mim.
Então entre irritações, discussões e longas conversas (algumas "bem pegadas") pelo WhatsApp... Assim foi meu ano.

Embora depois da recaída eu tenha visto nossa separação com outros olhos e um real sentido de liberdade (apesar de achar que certamente já falei isso e ainda repetirei essa frase depois do meu divórcio, que ainda vai demorar pra sair, principalmente porque ele nem quer tocar no assunto... Aff!) quanto aos meus sentimentos...
Mas isso é papo pra outro post!

Em compensação...
Pude fazer coisas que há muito não fazia.
Saí sozinha, conheci pessoas, fiz amizades, beijei na boca... entre outras coisas que prefiro não comentar... hahahaha
Reconquistei meus filhos.
Voltei a me entender com minha mãe. Continuamos discordando em muitos aspectos mas o nosso relacionamento está muito mais tolerante de ambas as partes.

Entrei em contato com dois amigos distantes - ela desde a infância, ele desde os meus 13 anos (ainda vou contar essa história) - mas ainda não consegui reencontrá-los... Tá aí algo que pretendo mudar nesse ano.

Testei novas receitas e fiz o BOLO DE CENOURA que há anos ficava só na vontade!

Arrisquei fazer AGENDAS PRA VENDER...
Fiz, vendi mas não me empolguei...

Fui ao cinema umas cinco vezes e vi:
"Mad Max - Estrada da Fúria"
"Cake - Uma Razão Para Viver"
"Velozes e Furiosos 7"
"Everest"
"Bem Casados"


Fui à pizzaria.
Fui à uma festa (e dancei muuuuito!!!).
Fui ao shopping.
Li dois livros:
"Melancia" Marian Keyes e "Presentes da Vida" Emily Giffin.



Completei 1 ANO DE BLOG.
Completei 1 ANO DE RECUPERAÇÃO...

E pra encerrar... passei a véspera de Natal com meus três filhos juntos!!! \o/


Então foi assim...
Espero que o ano de vocês tenha sido bem melhor que o meu e que 2016 traga só coisas boas!!!


Até a próxima! o/
.

You Might Also Like

10 comentários

  1. Ei Taís!
    Separação é uma coisa né... Vira o mundo, que já estava de cabeça pra baixo, mais de cabeça pra baixo ainda. Mas no fim das contas, tudo é aprendizado, né? A readaptação é difícil. As novas situações e sentimentos. Mas isso não quer dizer necessariamente que sejam ruins não. Dê foco nas coisas positivas do seu ano, e faça isso esse ano também. Quando aprendi a tirar o foco das coisas negativas e só ver o que dava errado, aprendi a ser muito mais feliz. A dar muito mais valor às coisas boas que acontecem, as simples. Muitas vezes a simplicidade traz coisas incríveis que não perceberíamos se mantivéssemos esse olhar meio negativo sobre o geral, sabe?
    Gosto especialmente do seu blog, de te acompanhar e fico feliz quando te vejo animada por aqui. Isso mostra o quão forte você ficou nesse um ano. Já parou pra pensar no quanto você desenvolveu e realizou?
    Que 2016 traga mais danças, mais beijos e mais bolos de cenoura!
    Feliz ano novo, feliz chances novas!

    Baú de Canto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teu comentário me emocionou, Johnny!
      Tens razão, preciso rever meu foco.
      Muito obrigada e um super feliz 2016 pra ti também!!!

      Um beijo.

      Excluir
  2. Apesar dos pesares, seu ano foi incrível Tais! E eu espero que este seja melhor ainda! E pode contar comigo sempre, pelo blog, pelo zap zap (que está horrível, mas funciona de vez em quando), e em qualquer lugar. Seu blog é um dos meus preferidos, entro aqui todo dia! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinceramente eu não sabia que tu vinhas aqui todo dia e muito menos que o meu blog era um dos teus preferidos...
      Fiquei muito feliz em saber!
      Muito obrigada pelo apoio.

      Um beijo.

      Excluir
  3. Matar um rato?!!!!
    Meu pai vc é uma guerreira!!!

    A separação é complicada realmente, mas pra quem encarou um rato
    com certeza com o carinho dos seus filhos logo logo vc supera!!!


    Beijos

    Doida Por Esmaltes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Viviane!
      É nessas horas que a gente pensa o quanto um homem faz "falta"... mas quando vemos que não é tão difícil assim a gente percebe que não faz taaaaannnta falta assim... hahahaha
      E com certeza o carinho dos meus filhos é o que me mantém de pé!
      Muito obrigada.

      Um beijo.

      Excluir
  4. meu ano passado tbm não foi dos melhores! hahaha
    com certeza vai ter muita coisa boa esse ano! só depende da gente querer! :D

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda mais pra quem é professora né, Lu???
      Mas com certeza em 2016 vamos chutar tudo e dizer bem alto: AGORA É MINHA VEZ!!!
      Há de dar tudo certo!
      Muito obrigada.

      Um beijo.

      Excluir
  5. Sempre que eu leio um post sobre 2015, eu vejo o quanto esse ano foi das reviravoltas. Enfim, mas também foi um ano de ver coisas dando certo.

    Até entendo o da sua separação, mas não posso deixar de ver com alegria o tamanho do texto que vem depois de "Em compensação..."

    Força nesse 2016 e que as coisas continuem a melhorar.

    Bjoo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Salieri... Até respondi ao comentário de um amigo, que preciso mudar o foco! A separação me consumiu tanto que nem percebi o quanto de bom aconteceu depois disso... ou "por causa" disso. Nem me dei conta do tamanho do texto até ler teu comentário! hahahaha
      Muito obrigada pela força.
      Que 2016 seja melhor pra todos nós!

      Um beijo.

      Excluir

Não saia sem comentar!
Sua opinião é sempre bem-vinda e importante pra mim e pro blog.
Responderei a todos os comentários.

Obrigada pela visita.
Volte sempre!