Momentos

APARECEU A MARGARIDA!!!

1/16/2017 08:30:00 AM



Oi Gurias e Guris!


Até que enfim! Por um momento cheguei a pensar que nunca mais voltaria a postar aqui. E fiquei apavorada com essa possibilidade.

Às vésperas do Natal meu notebook meio que "tomou um banho" e começou a capenguear até desligar de vez! E não, eu não tinha backup de nada então imagina o desespero quando me lembrei das fotos dos meus filhos que estavam nele!


Sem contar todo o material pro blog e pro grupo de interação, o Interative-se! Chorei horrores...

E a deprê bateu. Me senti completamente perdida, sem chão... (que dramática!) Já fazia um tempo que eu não postava, mas o blog estava ali, ao alcance da mão, assim que a vontade voltasse eu postaria... Sem o notebook de que adiantaria ter vontade? E cá entre nós, o app do Blogger é uma bosta, né?

Por conta disso quase desisti do Interative-se! também... Estávamos planejando todos os novos projetos para 2017 eu nem pude colocar a mão na massa como gostaria. Ainda bem que eu tenho a Lila e a Dio que me ajudaram demais! Mas não "meter a cara" no grupo, que eu mesma criei, estava acabando comigo...

Recebi alguns conselhos de pessoas que trabalham com essas máquinas e me instruíram a deixar o note parado por, no mínimo, uns três dias com o teclado pra baixo, sobre uma toalha (pois ainda podia ter água ou umidade por dentro) com bastante arroz. Usar um secador de cabelos com ar frio também ajudaria, mas o meu só tinha ar quente e ar mais quente...

Então os três dias se passaram e quem foi que disse que eu tive coragem  de ligar aquela bagaça??? Ele ficou lá, de cabeça pra baixo, em cima do arroz, olhando pra mim e eu olhando pra ele...

Aí aconteceu algo que vocês não vão acreditar porque nem eu mesma acreditei. Eu S-O-N-H-E-I que liguei o note e ele estava funcionando... Pensei que era a minha vontade inconsciente mexendo com os meus sonhos. 

Porém...
Acabei criando coragem sem grandes expectativas liguei o afogado e ... TCHARAMMM!

GIF nada a ver só pra dar o efeito de surpresa... hahahaha

SIM! ELE ESTAVA FUNCIONANDO!!! \o/

Alegria pouca é bobagem, né? Mas me controlei enquanto fazia alguns testes e verificava algumas coisas, pra ter certeza de que não desligaria de repente me deixando na mão de novo. Ele já parou de travar e se desligar sozinho, o que já é um bom sinal mas ainda continua ejetando (do nada) o compartimento do CD mas aparentemente não é um "problema"... hahahaha

De volta à ativa, vou ver se consigo me reanimar e atualizar o blog mais regularmente. Para isso vou colocar em prática um projetinho que eu tinha engavetado há muito tempo e até lancei nos grupos Interative-se! e Café com Blog, pra ajudar outras blogueiras com as mesmas dificuldades em voltar a blogar com frequência.

Chama-se BLOGAGEM PROGRESSIVA - passa lá nos grupos pra saber como funciona, aproveita e conhece todos os novos projetos para 2017...

É muito bom estar de volta... mais uma vez! hahahaha



Até a próxima! o/
.

música

MOMENTOS DE NOSTALGIA - TRILHA DE CÚMPLICES DE UM RESGATE

12/18/2016 02:00:00 PM



Oi Gurias e Guris!


Calma que ninguém vai ouvir algo tipo "Cúm-pli-ceeeees de um resgate pelo amor..." hahaha

Pra quem tá acostumado com a "programação" (que nunca funciona) do blog, como o último post de Nostalgia foi de músicas, hoje deveria ser de filmes. Mas já que a novelinha Cúmplices de um Resgate (transmitida pelo SBT) acabou nessa semana, quero aproveitar a oportunidade pra fazer um post "comemoração"... hahaha sacanagem!

Na verdade, apesar de conhecer a novela que já foi regravada e reprisada "uma pá" de vezes, eu não tinha prestado atenção na trilha sonora que,  além das músicas "próprias" das bandas C1R, Manoela e Seus Amigos e Insanos (acho que essa última não tinha música própria mas...), me deparei com regravações de músicas que eu curti há alguns muitos anos décadas atrás!

Vem conferir!

FAROFA-FÁ
Sílvio Brito

Ano: 1975.
Álbum: As 20 +.
Composição: Mauro Celso.

Não, essa não faz parte das minhas músicas preferidas mas está na trilha da novela e sim, eu a ouvia quando era criança... hahaha



PRA VER SE COLA
Trem da Alegria

Ano: 1988.
Álbum: Trem da Alegria.
Composição: Michael Sullivan e Paulo Massadas.

Pra quem não sabe, o grupo Trem da Alegria embalou minha infância, inclusive o Juninho Bill (o gurizinho do vídeo) foi o meu primeiro "crush" famoso... hahahaha Ele era muito fofo, gente!



CERTO OU ERRADO
Patrícia Marx

Ano: 1988.
Álbum: Patrícia.
Composição: Michael Sullivan e Paulo Massadas.

Nossa! Essa eu dancei muito... hahaha



TERRA DE GIGANTES
Engenheiros do Hawaii

Ano: 1987.
Álbum: A Revolta de Dândis.
Composição: Humberto Gessinger.

Mais uma banda que acompanhei durante o início da minha adolescência... Hoje não é mais uma das minhas preferidas mas as músicas dessa época eu ainda curto.



NÓS VAMOS INVADIR SUA PRAIA
Ultraje a Rigor

Ano: 1985.
Álbum: Nós Vamos Invadir Sua Praia.
Composição: Roger Moreira e Carlo Bartolim.

Essa é dos meus tempos de guria! Curti (e ainda curto)  muito as músicas do Ultraje... Bom demais!



ESPERANDO NA JANELA
Cogumelo Plutão

Ano: 2000.
Álbum: Biblioteca de Sonhos.
Composição: Blanch Van Gogh.

Essa faz o tipo "amorzinho"... Dessa banda acho que só conheço essa música mesmo, e é uma das minhas preferidas da vida! Tchu-tchu ru-ru-ru...



ENVELHEÇO NA CIDADE
Ira!

Ano: 1986.
Álbum: Vivendo e Não Aprendendo.
Composição: Edgar Scandurra.

Ira! é outra das minhas paixões em relação às bandas nacionais. Acho que a música que eu mais gosto deles é Flores em Você mas essa também é boa demais!



Então essa foi a seleção de músicas da trilha sonora da novela Cúmplices de um Resgate...
Surpresos???
Eu também fiquei... hahaha
Espero que tenham gostado.


Até a próxima! o/
.

Pessoal

ESCREVINHANDO DESABAFAMENTOS...

12/08/2016 09:00:00 AM



Oi Gurias e Guris!


Como eu queria voltar a ter a facilidade da escrita como há vinte anos... quando os pensamentos eram perturbados, as ilusões e sonhos eram tantos!

Um tempo em que o medo do fracasso era torturante assim como as críticas e também a autocrítica (ou auto menosprezo). As dores de amor eram tão profundas, mas logo vinha outro amor pra curá-las...

Hoje a dor já passou antes mesmo de outro amor aparecer mas ficou um outro sentimento que talvez não o deixe chegar ou simplesmente o afaste: a amargura... uma cicatriz feia e enrugada que nos faz lembrar que nada é tão bom que não possa ficar muito ruim quando menos se espera!

Me sinto sozinha tantas vezes... me faz falta um carinho, um abraço, um beijo, um amasso, um sexo gostoso... ter alguém em quem pensar além dos meus filhos (os maiores amores da minha vida!), mas acho que acabei criando um escudo, uma auto preservação ou até mesmo um auto boicote!

Me envolvi com um cara há um tempo... tudo pareceu magia, o sentimento surgiu sem que eu estivesse preparada (como acontece quase sempre, né?)... aí ele foi fazendo planos, pensando no "nosso" futuro e por um momento eu me vi feliz e animada com tudo aquilo mas então... não sei por que eu fui desgostando, fui desapegando... principalmente depois de algumas preferências politicobolsonaristas e alguns preconceitos ...fui ficando de saco cheio!

E só não mandei à merda porque não queria magoá-lo! Apesar de achar que o magoei assim mesmo. Então ele simplesmente parou de enviar mensagens, se afastou e nem um "ponto final" foi dado.

Gostaria de ter alguém, sim!

Eu tenho aquele sentimento "tô afim de alguém", sabe?

Mas nem me jogo porque além de não ser recíproco, não faço o tipo dele... Aí me conformo com o fato de que não seria nada fácil se envolver com uma "mãe de 3 filhos" (lindos!), desempregada e que volta e meia deprime.

E sabe o que mais??? Sinceramente não sei se eu aguentaria ter outro homem (além do meu filho de 5 anos) usando o meu banheiro!!! hahahaha

Ainda me sinto um pouco o cocô da mosca do cavalo do bandido mas... acho que já consegui dar uma aliviada nos pensamentos.

Nem foi tão difícil assim!
Parece que o espírito "escrevinhador" ainda habita este corpo que não é mais o mesmo de 20 anos atrás até porque... tem muito mais histórias nessas curvas hoje em dia... hahahaha

No entanto, tem coisas que nunca mudam... a confusão na cabeça parece a mesma dos velhos tempos, embora os motivos sejam outros (ou não)! Acho que no final das contas a minha "essência" é essa... hahaha


Até a próxima! o/
.